Sexta-feira, 28 de Abril de 2017 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Prêmio Ethos de Jornalismo / Estímulo Rádio Comunitária
 


No início de 2005, o Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social procurou a parceria da OBORÉ para estimular a participação das rádios comunitárias no Prêmio Ethos de Jornalismo, 5ª Edição, dadas as características do trabalho social desenvolvido por essas emissoras junto aos seus ouvintes. 

Por ser o primeiro ano em que a nova categoria Estímulo Rádio Comunitária se incorporava ao Prêmio, a OBORÉ foi desafiada a dar tratos à bola e auxiliar o Ethos a redesenhar o regulamento de forma a incluir essas pequenas emissoras já legalizadas, além de colaborar na divulgação e mobilização dos radialistas, esclarecendo-os sobre os conceitos de responsabilidade social das empresas e sobre as “8 Metas do Milênio” estabelecidas pela ONU:

1. Acabar com a fome;
2. Educação básica de qualidade para todos;
3. Igualdade entre sexos e valorização da mulher;
4. Reduzir a mortalidade Infantil;
5. Melhorar a saúde das gestantes;
6. Combater a AIDS, a malária e outras doenças;
7. Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente e
8. Todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento.

Assim, foi preparado um CD com peças importantes para a equipe das emissoras pudessem conhecer e atuar em sintonia com milhares de outras emissoras espalhadas por todo o Brasil interessadas em concorrer ao Prêmio. Foi antecipada a impressão do Regulamento especialmente para as mais de 500 emissoras parceiras da Rede de Comunicadores pela Saúde e para as quase três mil rádios comunitárias já legalizadas pelo Ministério das Comunicações. 

Todas as informações sobre a 5ª edição do Prêmio foram divulgadas no CD Plantão Saúde de fevereiro: Carta Falada do presidente do Instituto Ethos, Oded Grajew (sobre as Metas do Milênio da ONU); nas duas mensagens gravadas sobre o Prêmio, nas vozes do próprio Oded e da Inês Berloffa, coordenadora do Prêmio, explicando em detalhes os objetivos, temas, prazos de inscrição, premiações e como participar.

O Prêmio Ethos 

Criado em 2000 como forma de reconhecimento dos profissionais da imprensa que se destacam na cobertura de práticas empresariais socialmente responsáveis, o Prêmio Ethos de Jornalismo destaca, anualmente, os jornalistas que tratam dos temas da responsabilidade social e empresarial nas categorias TV, Rádio, Fotografia, Jornal e Revista. 

O vencedor de cada categoria recebe um prêmio no valor R$ 15 mil concedido após a apresentação de um projeto em que o jornalista se comprometa a utilizar esse valor na sua formação profissional ou acadêmica. No caso das comunitárias, foi estabelecido que seriam três selecionadas. Além do troféu "Prêmio Estímulo Rádio Comunitária", a vencedora ganharia um curso de uma semana, em São Paulo, voltado para capacitação, captação de recursos, e gerenciamento administrativo e financeiro da rádio.

Por quê rádio comunitária? 

Segundo a coordenadora do Prêmio Ethos de Jornalismo, Inês Berloffa, envolver as rádios comunitárias nos temas da responsabilidade social empresarial e Metas do Milênio significa debater diretamente com as populações mais distantes o impacto efetivo dos investimentos sociais, de forma a reorganizar e redirecionar as ações das empresas.

Para Sergio Gomes, diretor da OBORÉ, a ação dessas pequenas rádios pode ir muito além do que orientar o ouvinte na tomada de decisões como a época de semear, colher, vacinar crianças, antecipar catástrofes: “As rádios comunitárias têm tudo para ser um campus avançado das universidades nas áreas de educação, saúde, cultura, técnicas agrícolas e são também um poderoso auxiliar no controle social, para que o cidadão da localidade seja informado e possa cobrar o destino das verbas públicas e a maneira como são aplicadas”.

Mas para tanto, a rádio comunitária carece de auto-sustentação, que se traduz em verbas de publicidade, para que o empreendimento seja um negócio como qualquer outro, para que gere renda e emprego. “Com essa pendência organizada, estruturada e administrada, a rádio comunitária pode ser a mídia ideal para a veiculação da responsabilidade social”, afirma o diretor da OBORÉ.

Leia mais:

Prêmio Ethos de Jornalismo / Estímulo Rádio Comunitária

 
 
 » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online