Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Canal pra Capital: Formalizado apoio jurídico e técnico às rádios comunitárias
Vanessa Pipinis
  28/11/2006

Uma nova Mesa de Trabalho foi instalada no dia 27 de novembro na Câmara Municipal de São Paulo, reunindo diversas entidades ligadas à radiodifusão comunitária e também representantes dos poderes executivo e legislativo federal, estadual e municipal.

Trata-se da materialização do esforço conjunto para definição democrática dos critérios a serem adotados no aviso de habilitação para os serviços de radiodifusão comunitária para a cidade de São Paulo, a ser publicado no dia 5 de dezembro no Diário Oficial da União, além da formalização de parcerias para apoio técnico e jurídico a todos os interessados em participar do processo. A partir da publicação do aviso, as entidades terão o prazo de 45 dias para enviar a documentação ao Ministério das Comunicações.

Encaminhamentos - Durante o encontro, a Defensora Pública Renata Flores Tibyriçá e Anna Cláudia P. Vazzoler, advogada responsável pelo Escritório Modelo Dom Paulo Evaristo Arns - PUC/SP, firmaram parceria entre as duas entidades para dar atendimento e suporte jurídico a todas as rádios comunitárias interessadas em atender ao aviso de habilitação.

A questão do suporte jurídico era um dos entraves à regularização da radiodifusão comunitária na cidade de São Paulo. Com a reunião dessas duas entidades, será definido nas próximas semanas um local em que a triagem e orientação serão centralizadas. Dessa maneira, todas as associações e entidades interessadas em enviar a documentação ao Ministério das Comunicações terão direito à orientação jurídica.

Quanto à questão técnica, há um aspecto urgente que é a questão do prazo de 45 dias. “É necessário suporte técnico na parte do preenchimento correto das coordenadas da rádio. Há um outro ponto importante que é quantidade de emissoras que cabem na cidade. Estamos entrando em contato com a USP e Unicamp para discutir a possibilidade de especialistas dessas duas instituições atuarem em conjunto com a ANATEL para definir essa questão”, considerou Fernando Pereto. Há também a possibilidade do Ministério das Comunicações também atuar nessa frente.

No dia 08 de dezembro haverá uma nova Mesa de Trabalho, quando serão discutidas questões sobre o aviso de habilitação e procedimentos técnicos e jurídicos que deverão ser observados pelas associações e entidades comunitárias que desejam participar do processo. O encontro acontecerá na Assembléia Legislativa de São Paulo, no Auditório Teotônio Vilela, e é aberto. Haverá transmissão ao vivo pela TV Assembléia. 

V Mesa de Trabalho em apoio ao Ministério das Comunicações para publicação do aviso de habilitação para serviços de radiodifusão comunitária na cidade de São Paulo.

Dia 08/12/2006, sexta-feira, a partir das 10h.
Assembléia Legislativa de São Paulo – Auditório Teotônio Vilela
Av. Pedro Álvares Cabral, 201 - São Paulo

Quem esteve presente na Câmara Municipal:

Cristina Cavalcanti (AMARC/SP); Airton E. dos Santos (Associação Cultural Comunitária Vila Natal); Paulo Tadeu dos Santos e Luiz Augusto Inhesta (Achave FM); Rubens Rocha e Adriano Souza (ACCC Celebrai FM); Fábio Takada (SMSP/SGUOS); Renata Flores Tibyriçá e Bruno Lupion (Defensoria Pública de São Paulo); Maurício Dantas (Gabinete do Deputado Estadual Carlos Neder PT/SP); Luis Carlos P. Nader (Gabinete da Vereadora Soninha PT/SP); Jerry A. Oliveira e Ricardo Campolim (ABRAÇO Nacional); Sibela L. Portella Matias, Neide Aparecida da Silva e Alexandra Luciana Costa (Ministério das Comunicações); Antônio Vitorino de Souza (Pequeno Mundo ELLEN); Carlos Eduardo Ismael (Rádio Urbanos FM); Maria José Amorim (Ass. Org dos Moradores de Pirituba); Fernando Pereto (CEPER/Radcom); José Luiz Ribeiro (Rádio Dimensão – Jabaquara); Rodrigo de Olliveira (Gab. Vereador Dr. Farhat PTB/SP); Anna Cláudia P. Vazzoler (Escritório Modelo Dom Paulo Evaristo Arns - PUC/SP); Ângela M. Moura (Câmara SP), Cyro César (ABRAQUA) e Vanessa Pipinis (OBORÉ).

Leia mais:  Dossiê Radiodifusão Comunitária.

 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online