Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Repórteres do Futuro discutem Habitação com o arquiteto Ciro Pirondi, diretor da Escola da Cidade
Ruam Oliveira, OBORÉ
  15/05/2017

O arquiteto Ciro Pirondi, diretor da Escola da Cidade, foi o convidado deste sábado, 13, para a segunda aula do curso "Descobrir São Paulo, Descobrir-se Repórter", um dos módulos do Projeto Repórter do Futuro realizado pela OBORÉ em parceria com a Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo.

Para dar início ao debate sobre Habitação, Pirondi apresentou um panorama de iniciativas habitacionais de cunho social que estão sendo realizados ao redor do mundo e ressaltou que o problema do Minha Casa, Minha Vida (Projeto de habitação  popular do Governo Federal) não é financeiro, mas sim um defeito de projeto.
 
Pirondi demonstrou particular preocupação com projetos sociais na área da Habitação e destacou que o objetivo do profissional não deve ser o ofício em si. "Se nossa intenção, enquanto profissionais, não é trazer bem estar para o outro então é melhor não fazer", disse. Ele reforçou que este pensamento deve permear todas as profissões e, dirigindo-se aos estudantes de jornalismo, afirmou que "para a sociedade é sempre melhor um bom padeiro do que um mau jornalista".


Cidade Linda

As atividades da Prefeitura também foram abordadas pelos estudantes. Em relação às ações de limpeza que estão sendo promovidas pela atual gestão, Pirondi argumentou que todas elas são bem vindas, mas que precisam ser sempre observadas com visão crítica. Citando a requalificação de espaços públicos e a parceria com iniciativas privadas, ele afirmou que é natural que isto aconteça, pois "a cidade foi feita para produzir riqueza e não miséria ", mas ressaltou que tudo deve ser controlado e que "os donos do dinheiro" não devem deter o poder de decisão.

Ele também criticou a promessa de reformar São Paulo: "Quatro anos é um tempo impossível para reformar uma cidade" disse.


Escola Itinerante e proposta de viagem

Ao final da conferência, o diretor da Escola da Cidade apresentou aos participantes os cursos de graduação e pós-graduação e ofereceu duas oportunidades de viagem pelo projeto Escola Itinerante. Como parte da grade curricular do curso de arquitetura, uma a duas viagens, nacionais e internacionais, são realizadas anualmente pelos estudantes. De acordo com a escola "o objetivo é mostrar ao jovem arquiteto a riqueza da arquitetura brasileira e internacional, além de promover o encontro com os profissionais de arquitetura em cada lugar visitado". Esta experiência seria então estendida a dois dos vinte e cinco participantes deste módulo do Repórter do Futuro.

A instituição dirigida por Ciro Pirondi, localizada no centro de São Paulo, ocupa um espaço de um prédio antes abandonado. Reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação) em 2001, atualmente conta com 360 estudantes de graduação e pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo, 120 professores e recebe, a cada ano, apenas 60 novos ingressantes.

Assista a Conferência com Ciro Pirondi - Parte 1 e Parte 2

Mobilidade é o tema da próxima semana, 20

Para falar sobre mobilidade, na próxima semana os estudantes irão receber Frederico Bussinger, secretário dos Transportes durante a gestão de José Serra, ex-presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) entre 1988 e 1993.

Saiba mais sobre a Escola da Cidade


Mais
Escola do Parlamento e OBORÉ realizam aula inaugural do 10° curso Descobrir São Paulo, Descobrir-se Repórter
 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online