Quinta-feira, 22 de Junho de 2017 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  José Coelho Sobrinho, Ana Luisa Zaniboni Gomes e Sérgio Gomes comentam o convênio
 

José Coelho Sobrinho
Chefe do Departamento de Jornalismo e Editoração da ECA-USP

A ligação da OBORÉ com a ECA é bastante grande. Primeiro, a OBORÉ nasceu dentro da ECA e esse nascimento evidentemente faz com que tanto da parte da OBORÉ como da ECA deva ter um amor já bastante antigo. Mas esse amor nunca foi registrado e é esse registro que nós estamos pretendendo fazer com essa minuta de convênio.

O convênio já passou pelo Conselho do Departamento, agora está na Consultoria Jurídica e é isso que a gente aguarda: que passando pela Consultoria Jurídica seja aprovado pelo Conselho Técnico Administrativo da ECA e depois se faça a sua assinatura solene. A finalidade do convênio é fazer com que nós ampliemos ou comecemos a trabalhar com comunicação na área que a OBORÉ já tanto se especializou – comunicação popular.

Ana Luisa Zaniboni
Diretora da OBORÉ

Representando a OBORÉ nesse ritual, eu gostaria de dizer que esse convênio acadêmico que será assinado no dia 27 de agosto, na verdade formaliza uma prática continuada de atividades que vimos desenvolvendo com a ECA, especialmente com o Departamento, já há alguns anos.

Em outubro de 98, realizamos na sala da Congregação o worshop “Direito Constitucional e Radiodifusão” - uma reunião de técnicos e especialistas para discutir a questão da lei da radiodifusão comunitária. Em outubro de 2000, durante o X Encontro da FELAFACS - Federação Latinoamerica das Faculdades de Comunicação Social, organizamos a pedido da ECA o Simpósio “Rádio e Cidadania na América Latina”. De janeiro a junho de 2002, realizamos o I Curso de Comunicação e Acolhimento para Diretores de Distritos de Saúde de São Paulo, em parceria também com o Sindicato dos Jornalistas e Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo. E em 31 de março de 2003, o workshop “Genebra 2003 e a Democratização do Rádio no Brasil”, contando também com a parceria da Radiobrás, do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e da Rádio Popolare de Milão.

Esse workshop desdobrou-se em várias outras atividades. Uma delas foi em abril de 2003, com a entrega formal de uma correspondência para a ECA, assinada pela OBORÉ e Rádio Popolare de Milão, registrando o empenho e a vontade de ajudar a reorganizar esse estúdio de rádio do CJE justamente para ser utilizado pelos estudantes do curso em atividades práticas de reportagem, jornalismo radiofônico e também com a possibilidade desse estúdio ser aberto à comunidade para atividades de extensão voltadas à formação de comunicadores populares, inclusive na área rural - que é uma das atividades que a gente já realiza.

Em maio de 2003, fizemos uma viagem de estudos à Itália, também com a Radiobrás, ECA, Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e OBORÉ, quem nos recebeu lá foi a Rádio Popolare de Milão, e fomos visitar experiências inovadoras realizadas pelas rádios populares lá na Itália, cada uma com suas características. Tivemos a oportunidade de conversar com o pessoal que administra, que faz a programação, que faz a gestão dessas emissoras e foi uma experiência muito rica porque pudemos trazer de volta um elenco de possibilidades - cabe-nos agora escolher a mais adequada à nossa realidade.

Quero registrar a satisfação que temos de formalizar essa parceria com a ECA, através do Departamento de Jornalismo, e gostaria de chamar à mesa os professores Santoro e Ciro Pedroza para que possam dar continuidade a essa explicação de como o estúdio laboratório de rádio está pensado. 

Quero finalizar agradecendo muito a presença dos estudantes daqui do Curso: muito bom ter vocês aqui com a gente.

Sergio Gomes
Diretor da OBORÉ

Queria complementar uma coisa que a Ana acabou saltando. Nessa viagem, o Coelho e eu tivemos uma reunião com o vice-reitor da Universidade de Bolonha, responsável pelo setor de Relações Internacionais. A Universidade de Bolonha, que fez mil anos há pouco tempo, mantém convênios com várias universidades brasileiras e não com a USP. Nós propusemos exatamente um convênio nessa área da comunicação em rádio e o vice-reitor nos disse que quem realmente na Itália tem possibilidade de desenvolver um trabalho importante é a Universidade de Siena, a única universidade que tem uma faculdade dedicada exclusivamente à questão do rádio, cujo diretor é o Professor Boldrini, considerado um dos maiores especialistas nesta área tanto na Itália quanto em toda a Europa. A Rádio Popolare de Milão, através de seu diretor Sergio Serafini, já manteve reunião com a Reitoria e com a direção da Universidade de Siena para que tenhamos o professor Boldrini conosco no Brasil para celebrar o convênio entre o Departamento de Jornalismo da Escola de Comunicações e Artes da USP e a Universidade de Siena, especificamente para as questões do rádio.

Outro dado: na sexta -feira, dia 8 de agosto, eu conversei com o professor Carlos Vogt e com o professor José Marques de Melo, que aqui está, presidente da Cátedra UNESCO de Comunicação. Juntos, eles desenvolveram o projeto do Labjor – Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo na Universidade de Campinas – e o Carlos Vogt, ex-reitor da Unicamp, é hoje presidente da FAPESP – Fundo de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. O Professor Coelho manifestou interesse em conversar com a FAPESP pois embora ela tenha uma linha de financiamento de bolsas e pesquisas para o Jornalismo Científico, popularização da ciência, só contempla o jornalismo impresso, desconhece o jornalismo radiofônico. Então, combinei com o professor Vogt que marcaríamos uma reunião da FAPESP com o Conselho do Departamento para ver a possibilidade de que na regra geral da FAPESP para o ano que vem, o rádio também seja contemplado nessa área do jornalismo científico.

 
 
 » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online